8.7.09

Postagem em off

Esse post a seguir é uma carta ao Pr. Márcio, a respeito deste post, "Excomunhão Gospel".

Pastor Márcio,

Não fiz teologia, não sou ordenado pastor, presbítero ou sequer diácono. Não fiz nenhum curso de pastorado, nem ao menos de discipulado. Mas, sou teu irmão em Cristo, ou, ao menos, creio sê-lo. Foi muito duro, muito difícil para mim acompanhar suas manifestações dos últimos dias no Twitter, foi uma provação enorme para mim. Porém,

Irai-vos, mas não pequeis
Ef 4:26
, é o que está escrito. Por isso, esperei o sangue esfriar, e após o fim da sua campanha "Excomunhão Gospel", venho redigir-lhe esta carta, pos, também está escrito:
Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado
Hb 3:13

Logo, não estou aqui abusando de nada, nem me achando seu superior: estou seguindo os mandamentos bíblicos, e permanecendo na minha fé, pois, omitir em ajudar ao irmão, também e errado. Desde já peço perdão se eu ultrapassei alguma linha no que diz a Bíblia, ou se falo besteira: apesar de buscar cada dia mais do Senhor, ainda sou humano, sujeito a - muitas - falhas.
De qualquer modo, tenho algumas razões para repudiar sua atitude, e peço que as leia atentamente:

1º Cristo nos pregou o Amor. E, conjuntamente com o Amor, está o perdão. Não devemos nos calar diante de atitudes injustas, mas não podemos ceder ao ódio. (Irai-vos mas não pequeis!"). Difamação é, além de imoral, pecado, vindo então de um membro da hierarquia da Igreja, é, então um absurdo. O seu cargo na Igreja, ou o que o senhor manifesta ter, deve pesar nas suas ações, e, o senhor, mais que todos, sabe: não cabe a nós julgar;

2º Não se corrige uma atitude errada de uma pessoa, incitando o ódio à ela: isso é provado ser pedagogicamente inútil, e errado; além, de na Bíblia, o próprio Cristo Jesus ter repudiado a excomunhão: ao tentarem apedrejar uma mulher por adultério, o que Jesus disse ao intervir? "Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela." (Jo 8:7);

3º Também está escrito: "Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes." (Mt 25:40) O que as ovelhas fazem, por incentivo do pastor, será totalmente imputado à ele, no dia do Juízo.

Ainda teria eu motivos suficientes para discorrer por mais um bom tempo aqui, mas creio que já é o suficiente para demonstrar meu ponto de vista.

Não é da minha intenção constranger-te, mas não poderia deixar de me manifestar quanto a isso. Que a benção de Deus esteja contigo, irmão.

Abigobaldo

3 Mentira(s):

Paulo Athayde disse...

É isso Abigobaldo!

A sua colocação é equilibrada e, sobretudo, cristã.

Li o artigo do pastor, “Excomunhão gospel” e acho que não é o caminho mais adequado para construirmos um mundo mais justo, fraterno e cristão. É um discurso perigoso que prega a “violência”, mesmo como metáfora e, a observar pelas reações ou comentários, estamos nos movendo em terreno minado.

Parabéns pelo seu comentário/reflexão e pelo blog.

Um abraço.

Obs. Muito obrigado pela visita e comentário.

12 de julho de 2009 17:19
Márcio de Souza disse...

Engraçado...
essa carta só não foi enviada pra mim... Márcio de Souza...Porque será?

31 de julho de 2009 08:45
Renato Vargens disse...

Prezado Abigobaldo,

Seu texto é absolutamente equivocado. O artigo do pastor Márcio é extremamente inteligente. Acabei de escrever um texto onde trato sobre a unidade da igreja, caso deseje, visite: www.renatovargens.com.br

abraços,

Pr. Renato vargens

31 de julho de 2009 12:16

Postar um comentário

 

©2009Álibi | by TNB