17.4.08

Série Educação: Nota do Autor

99,7% [das escolas da rede pública] não atingem os padrões mínimos das escolas dos países mais ricos

Revista Época [14/04/08]

Ainda na revista, que veio muito a calhar nessa semana, há seis passos que as melhores escolas públicas do Brasil seguiram que podem ajudar a melhorar a educação brasileira como um todo:

1] Formar alunos com visão de mundo: a escola estadual Jandira de Andrade Lima, em Limoeiro (PE) realizou, de forma no mínimo interessante, um intercâmbio cultural entre os estudantes e uma escola em Westerholt, na Alemanha, que começou com uma simples troca de cartões desenhados pelos próprios alunos

2] Adotar o regime integral: Adotada pela escola estadual XV de Novembro, em Tocantinópolis(TO), a técnica provou diminuir consideravelmente a evasão escolar (quase nula), além de aumentar o desempenho dos alunos no ENEM

3] Escolher o Diretor pela competência: Isso é fato. As melhores escolas não tiveram diretor indicado politicamente, mas por eleição ou seleção.

4] Premiar os bons exemplos: Quem se destaca no trabalho deve receber um prêmio salarial, ao que se chama meritocracia.

5] Estimular a leitura: Não é simplesmente ter livros, mas fazê-los acessíveis e interessantes às crianças.

6] Atrair a comunidade: Discutir o projeto pedagógico da escola com os pais e realizar reuniões bimestrais em horários acessíveis para todos.

A reportagem veio sim a calhar. Mas, é apenas a primeira parte do que foi armado aqui para a Blogagem Coletiva. Está aberta a série Educação.

6 Mentira(s):

Ronald disse...

Soluções existem sim mas, para certos grupos politicos, manter o cidadão sem cultura significa faciliadade na obtenção de votos...

20 de abril de 2008 09:41
elisabetecunha disse...

Amigo

Muito interessante sua blogagem!
Eu como professora assino embaixo!

elisabetecunha.wordpress.com

20 de abril de 2008 13:04
Luma disse...

São exemplos de casos isolados, espero que espalhem. O Chile é o país da am. latina que mais cresce e é também o que mais investe em educação. Lá os alunos ficam na escola em período integral, folgando somente no Domingo. E eles adoram ficar na escola! Beijus

20 de abril de 2008 21:27
Georgia disse...

Infelizmente esse é um problema que o Governo precisa mesmo encarar de frente e isso ele nao o faz.
Entao, mesmo que a passos bem pequenos precisamos fazer alguma coisa. Nem que seja com os que nós conhecemos e que precisa de ajuda.

Obrigada pela participacao na blogagem. Valeu.

21 de abril de 2008 03:29
Anônimo disse...

C ta certim!!!
Assim como seus colegas que postaram!!!

b-jus

"G"

21 de abril de 2008 19:34
Scliar disse...

Verdade verdadeira. Na prática, sabe-se o que deve ser feito.Existe um outro exemplo, nos EUA (foi paginas amarelas, na Veja) que mostra como medidas simples, mas implantadas com seriedade, dao resultado. Ainda tem o analfabetismo funcional (que abordei no meu post) - mas isto é só para complicar mais um pouco! ethel sc

23 de abril de 2008 16:47

Postar um comentário

 

©2009Álibi | by TNB